Artrose do joelho: por que os joelhos doem e como lidar com isso

A artrose é a mais comum entre todas as doenças do sistema musculoesquelético. Os joelhos são especialmente vulneráveis ​​a ele, pois são eles que suportam o grosso da carga. Vamos examinar mais de perto o que é a artrose da articulação do joelho e como lidar com essa doença.

Características da doença

A artrose das articulações do joelho é uma patologia associada ao desenvolvimento de processos distróficos degenerativos no tecido cartilaginoso dessas articulações. À medida que a doença progride, ela afeta não apenas a própria cartilagem, mas também outros tecidos, incluindo os ligamentos e os músculos periarticulares, e com o tempo, podem se desenvolver processos que contribuem para a destruição do osso.

Os idosos correm risco de doenças articulares

Grupos de risco

À medida que envelhecemos, o corpo passa por dificuldades que levam à desnutrição dos tecidos e ao desgaste acelerado. Sob a influência de fatores mecânicos, bioquímicos e outros, o tecido cartilaginoso começa a se deteriorar gradualmente, evoluindo posteriormente para artrose da articulação do joelho direito ou esquerdo.

Com a idade, a frequência de diagnósticos desta patologia aumenta. As mulheres são especialmente propensas ao desenvolvimento de gonartrose, que se deve às características do seu corpo e às alterações hormonais.

Também estão em risco atletas e pessoas cujo trabalho está associado ao levantamento de peso e carga constante nas pernas.

Em geral, os seguintes grupos de risco podem ser distinguidos:

  • idosos;
  • atletas
  • ;
  • pessoas com lesões nos joelhos;
  • pacientes que foram submetidos a cirurgia na articulação do joelho;
  • sedentário;
  • obeso;
  • associado a trabalho físico pesado ou à necessidade de estar constantemente em pé;
  • pacientes com doenças endócrinas;
  • pessoas com distúrbios hormonais;
  • levando um estilo de vida pouco saudável;
  • com patologias congênitas do sistema musculoesquelético.

Ao entrar em um grupo de risco, você deve monitorar regularmente a condição de suas articulações, bem como tomar medidas preventivas.

Motivos de desenvolvimento

Se falarmos sobre as causas específicas dos processos distróficos no tecido cartilaginoso, elas estão amplamente associadas à vida diária de uma pessoa. Os problemas de saúde existentes também desempenham um papel.

As principais causas da gonartrose são:

  1. Lesões. Qualquer dano ao joelho e tecidos adjacentes, ou seja, hematomas, luxações, rasgos e entorses, rachaduras, fraturas, etc. As consequências podem aparecer algum tempo depois que a área lesada estiver completamente curada.
  2. Doenças congênitas. Isso inclui, por exemplo, instabilidade da articulação articular, curvatura e outros distúrbios de desenvolvimento e funcionais associados às características estruturais do esqueleto humano.
  3. Mudanças de idade. Gradualmente, o tecido cartilaginoso se desgasta e o cálcio é eliminado dos ossos. Quanto mais velha a pessoa, mais pronunciados são esses processos.
  4. Esportes profissionais - a causa do desenvolvimento da gonartrose do joelho
  5. Obesidade. O excesso de peso desacelera os processos metabólicos e contribui para o esforço excessivo dos membros. Pessoas obesas quase sempre têm problemas nos pés.
  6. Doenças endócrinas.Um estado doentio do sistema endócrino leva ao desequilíbrio hormonal e distúrbios metabólicos.
  7. Intervenções operacionais. As manipulações cirúrgicas no menisco têm um efeito particularmente forte. Quando removida, a gonartrose se desenvolve em 90% dos casos.
  8. Tensão. Fortes experiências emocionais afetam negativamente o estado de todo o organismo, incluindo os elementos do sistema músculo-esquelético.
  9. Desnutrição dos tecidos. Na maioria das vezes, esses processos estão associados à circulação sanguínea prejudicada, uma vez que é por meio dos vasos do tecido que todos os nutrientes necessários são fornecidos.
  10. Cargas pesadas.Levantar e carregar pesos, correr e pular inadequados, violação da técnica de realização de exercícios físicos, ficar em pé por muito tempo - tudo isso é uma carga excessiva nas pernas de uma pessoa.

Se você não tomar medidas para prevenir a influência dessas causas, o custo de tal tratamento negligente de sua saúde será representado por vários problemas com o sistema musculoesquelético e outros sistemas do corpo.

Desconforto e inchaço na área do joelho são os primeiros sintomas da artrose

Sintomas de manifestação

No início, a doença é assintomática ou a ansiedade ocorre apenas ocasionalmente. Principalmente os joelhos começam a doer após uma longa permanência na mesma posição ou um dia intenso de trabalho. Como esses sinais não são incômodos e desaparecem completamente após o repouso, a pessoa não percebe imediatamente que tem sérios problemas de saúde.

Aos poucos, o desconforto se intensifica, a dor intensa aparece. São doloridos por natureza, mas quando se movem, podem ser agudos e abruptos. Conforme a doença progride, o desconforto aumenta.

Outros sintomas de gonartrose são:

  • deterioração da capacidade motora do joelho;
  • a aparência de um ruído surdo ao se mover;
  • edema de
  • e hiperemia dos tecidos;
  • curvatura dos membros.

É o desejo de aliviar a dor que na maioria das vezes é o principal fator de estímulo para o encaminhamento de uma pessoa à clínica. Quanto mais cedo você fizer isso, mais chances terá de interromper o processo patológico. Caso contrário, as alterações serão irreversíveis e não será possível resolver o problema por métodos conservadores.

Temperatura elevada é observada em alguns casos. Esse fenômeno raramente é observado, indica um processo inflamatório intenso. Pode ter sido causado por uma infecção, por exemplo, se você sofreu recentemente uma lesão na perna.

Tipos de patologia

Na prática médica, a doença tem uma classificação especial.

Existem os seguintes tipos de artrose da articulação do joelho:

  1. Esquerda ou Direita. Está localizada apenas em um lado, ou seja, afeta o joelho esquerdo ou direito. Na maioria das vezes, essa situação ocorre após a lesão de um membro.
  2. Frente e verso. Ao mesmo tempo, processos patológicos se desenvolvem em ambas as pernas. O desenvolvimento simétrico da doença é típico para a maioria dos casos, uma vez que os processos internos do corpo humano têm uma grande influência.
  3. Primário. Ela se desenvolve como uma doença independente. Os fatores que provocam são o estilo de vida errado, estresse, mudanças relacionadas à idade, etc.
  4. Secundário. A gonartrose torna-se uma consequência de outra doença do sistema musculoesquelético e de sistemas intimamente associados a ela. Também estão incluídos nesta categoria as lesões traumáticas dos membros.

Também vale a pena distinguir entre periartrose. Esta doença envolve os músculos e ligamentos, graças aos quais a articulação é posta em movimento.

Outra categoria importante é a hiperartrose do joelho. Este é o nome de processos degenerativos progressivos na cartilagem. Nos últimos estágios, há uma gonartrose deformante pronunciada. Vale a pena falar mais detalhadamente sobre os estágios de desenvolvimento da patologia.

Estágios de progressão

Existem quatro estágios principais na artrose do joelho. Cada um deles se distingue por uma manifestação mais pronunciada da doença e o surgimento de novos processos negativos.

  1. Estágio 1. Ocasionalmente, ocorre desconforto, mas depois de descansar e malhar a perna, ele desaparece. Ainda não há alterações na estrutura dos tecidos perceptíveis para o diagnosticador, mas a nutrição da cartilagem já foi rompida, o que vai provocando progressão da patologia gradativamente.
  2. Estágio 2. A dor torna-se incômoda, a cartilagem torna-se significativamente mais fina, o que leva a um estreitamento do espaço articular. Surge um crunch característico, os movimentos também são acompanhados por sensações desagradáveis.
  3. 3ª - 4ª fase. A foto do raio-X mostra claramente as mudanças que ocorreram na articulação. O tecido da cartilagem está desgastado, o osso começa a se deformar nos locais de atrito, algumas áreas estão cobertas de osteófitos e há depósitos de sal. Tudo isso bloqueia o movimento da perna e provoca as mais fortes dores incessantes.

Se o primeiro grau de gonartrose for perfeitamente possível de ser eliminado com métodos de preservação e restaurar completamente a saúde das extremidades, o terceiro - quarto estágios são irreversíveis e praticamente não passíveis de tratamento conservador. É por isso que é importante procurar ajuda de uma instituição médica o mais cedo possível.

Consequências e possíveis complicações

Quanto às consequências da gonartrose, inicialmente não há riscos especiais para a saúde humana se as medidas adequadas forem tomadas em tempo hábil. É claro que a inflamação do joelho causa algum desconforto, mas os sintomas e o próprio processo distrófico ainda podem ser eliminados.

Quanto mais o paciente ignora o problema, mais negligenciado ele se torna. No segundo estágio, a cartilagem começa a se deteriorar e dificilmente pode ser restaurada. Dores intensas perturbam o modo de vida normal de uma pessoa e exercem pressão psicológica.

As principais consequências da gonartrose progressiva são:

  • dor persistente;
  • bloqueando a mobilidade da perna;
  • a formação de crescimentos de sal de osso;
  • destruição completa da cartilagem hialina;
  • disseminação do processo patológico para outras áreas;
  • envolvimento do aparelho muscular;
  • deficiência.

A questão principal: é possível andar com artrose do joelho? O movimento contribui para a cura de todo o organismo, mas essa regra só funciona se a doença for detectada precocemente.

Nos estágios posteriores, o movimento só pode agravar o processo destrutivo, portanto, o paciente é recomendado para repouso na cama e uso de órteses especiais. Com a deformação e bloqueio da mobilidade das pernas, o andar fica prejudicado, ou seja, a pessoa fica incapacitada. Este é o principal risco no desenvolvimento da gonartrose.

Regras de diagnóstico

Para evitar essas complicações e não ficar incapacitado, você deve procurar ajuda imediatamente. Um cirurgião ortopédico pode aconselhar sobre o tratamento da gonartrose.

O sucesso do tratamento posterior depende em grande parte do grau de detalhamento do diagnóstico e, portanto, não é necessário ignorar as prescrições do especialista quanto à necessidade de se submeter a determinados procedimentos de exame.

O diagnóstico abrangente de artrose pode incluir os seguintes métodos:

  1. Exames laboratoriais de sangue. Necessário para identificar desvios da norma para indicadores de linha de base. A presença de violações indica um processo inflamatório ou outros problemas que podem direta ou indiretamente falar de doenças articulares. Um teste reumático pode ser feito separadamente, se houver necessidade. Também é importante avaliar o nível de glicose no sangue, pois seu aumento pode indicar problemas do sistema endócrino, que também afeta o estado do sistema musculoesquelético e os processos metabólicos do organismo.
  2. Radiografia. Este é um procedimento obrigatório que permite que você considere a condição da área doente. A imagem mostra áreas ósseas. O grau de desgaste da cartilagem é avaliado pelo tamanho do espaço articular, a posição dos elementos de articulação individuais, a presença de formações estranhas e outros indicadores.
  3. ultrassom
  4. . As ondas de ultrassom permitem um exame mais detalhado do estado dos próprios tecidos moles, incluindo a cartilagem. O ultrassom detecta processos inflamatórios, inclusões sólidas, bem como formações tumorais.
  5. MRI. A ressonância magnética é o melhor método para examinar a condição das articulações. A imagem mostra claramente todos os elementos da articulação e tecidos moles adjacentes, bem como os vasos sanguíneos. A imagem contém uma estrutura camada a camada, e o processo em si ocorre de forma dinâmica, para que o médico veja tudo o que precisa para fazer um diagnóstico. Se a ressonância magnética for contra-indicada, a TC pode ser usada como alternativa.
  6. Artroscopia. Um estudo mais detalhado do joelho é possível introduzindo um artroscópio em sua cavidade. O procedimento é menos traumático, por isso pode ser realizado sem medo de sua saúde. A câmera demonstra claramente a condição da cartilagem e de outros tecidos.

Métodos de tratamento

Para se livrar da gonartrose e suas consequências, é necessário abordar corretamente a solução deste problema. Somente o médico assistente poderá escolher o remédio mais eficaz para cada caso específico.

Na maioria das vezes, uma variedade de medicamentos são usados, bem como métodos populares. Algumas das técnicas se sobrepõem estreitamente, por exemplo, várias compressas.

Se feito corretamente, será possível enfraquecer significativamente as manifestações da doença e restaurar a saúde de suas pernas até certo ponto. Em nenhum caso ele deve hesitar com o tratamento, caso contrário, não será possível fazer sem medidas drásticas.

Terapia medicamentosa

A primeira coisa para iniciar o tratamento é a terapia medicamentosa. Pode ser dividido em várias áreas, dependendo dos objetivos a serem alcançados:

  1. Alívio da dor. Na artrose, é a necessidade de aliviar a dor que leva a maioria dos pacientes a buscar ajuda de um especialista para obter uma lista de medicamentos. Os analgésicos são necessários para o desconforto severo, por exemplo, as injeções são feitas no terceiro estágio da gonartrose.
  2. Remoção da inflamação. Uma vez que é possível aliviar a dor na artrose da articulação do joelho interrompendo o processo inflamatório, antiinflamatórios não esteróides são prescritos sem falha. Terapia medicamentosa para gonartroseSe a situação for negligenciada, cursos curtos de glicocorticoides podem ser prescritos para aumentar o efeito.
  3. Restauração da cartilagem. É necessário estimular a regeneração da cartilagem hialina e melhorar sua nutrição, além de protegê-la de futuras destruições. Para isso, são utilizados diferentes grupos de condroprotetores. Se considerarmos a questão de saber se o medicamento ajuda na artrose da articulação do joelho, preste atenção à composição do medicamento. A combinação de ingredientes importantes é um dos produtos mais eficazes nesta categoria.
  4. Melhor nutrição dos tecidos. Para acelerar os processos de recuperação e fortalecer a articulação articular, vários medicamentos e aditivos são prescritos para melhorar o metabolismo, estimular a circulação sanguínea e saturar as células com vitaminas e minerais.

Somente o médico assistente tem o direito de prescrever e corrigir a terapia medicamentosa para a artrose do joelho. O uso independente de medicamentos é indesejável, apenas o uso de suplementos vitamínicos e o uso de alguns condroprotetores são permitidos.

Os benefícios do ciclismo nos estágios iniciais da gonartrose

Dieta e estilo de vida

Uma etapa importante no processo de tratamento é mudar seu estilo de vida, em particular, os hábitos alimentares. Muito depende da gravidade da doença, por exemplo, andar de bicicleta no início do desenvolvimento pode ser benéfico e estimular processos de recuperação.

Ao mesmo tempo, quando aparecem problemas com os movimentos de flexo-extensão, essa carga só pode piorar a condição do paciente e agravar os processos destrutivos.

Em geral, a atividade é incentivada porque o movimento contribui para o tratamento de muitas doenças do sistema musculoesquelético. Nesse caso, é extremamente importante observar o regime de descanso, para não sobrecarregar as pernas e evitar movimentos bruscos.

Em particular, está sendo considerada a questão de saber se é possível correr com artrose da articulação do joelho. É melhor substituir esse tipo de atividade física por uma caminhada rápida.

Se falamos de nutrição, as contra-indicações para gonartrose estão relacionadas à ingestão de álcool e junk food. É especialmente importante excluir alimentos gordurosos e salgados.

A alimentação deve ser o mais saudável possível, ou seja, incluir vegetais e frutas, grãos inteiros, leite e queijos, carnes magras e peixes. Produtos que ajudam a restaurar a cartilagem hialina são muito úteis: frutos do mar, vísceras, geleia, maçãs, algas, etc.

Fisioterapia e outros procedimentos

A fisioterapia é um componente obrigatório do tratamento. Além disso, a medicina moderna usa ativamente uma variedade de métodos manuais e não tradicionais para influenciar o corpo. Recomenda-se prestar atenção a tais procedimentos.

  1. Magnetoterapia. Essa é uma das técnicas da fisioterapia. O efeito magnético estimula os processos de recuperação, potencializa o efeito das drogas. A eletrofonoforese também pode ser usada como alternativa.
  2. A acupuntura promove a reparação do tecido articular
  3. Massagem. Vários tipos de intervenções manuais devem ser realizados por um especialista qualificado com base nos resultados dos diagnósticos e prescrições do médico assistente. A massagem estimula os processos metabólicos nos tecidos, melhora a mobilidade das pernas, alivia o desconforto.
  4. Hirudoterapia. Este é um tratamento para sanguessugas. As sanguessugas são conhecidas por sua purificação segura do sangue. Eles picam a pele do paciente, substâncias que impedem a coagulação do sangue vêm com a saliva. Uma pequena sangria deste tipo ajuda a eliminar o processo inflamatório, melhora a nutrição dos tecidos e tem um efeito geral sobre a saúde do corpo.
  5. Acupuntura. Este é um dos métodos da reflexologia, cuja essência é influenciar os pontos ativos localizados não apenas na área doente, mas em todo o corpo. O médico insere agulhas especiais na pele exatamente nos pontos que precisam ser usados ​​para resolver o problema da gonartrose.

Ginástica corretiva

Se olharmos mais de perto o tratamento com a ajuda de exercícios físicos, antes de mais nada deve ser destacado que as normas de cargas admissíveis são estabelecidas por um especialista. É melhor assistir a aulas de terapia por exercícios em grupo. O esporte para artrose do joelho é um programa obrigatório, inclusive durante a reabilitação após a cirurgia.

Nadar na piscina pode ajudar a evitar danos nas articulações

Vamos destacar as principais direções usadas para gonartrose:

  1. Piscina. A natação alivia o estresse e a tensão das pernas e ajuda a desenvolver suavemente a área problemática. Em particular, a hidroginástica é útil para a artrose da articulação do joelho, especialmente para pessoas com sobrepeso e pacientes idosos.
  2. Caminhada. Não há dúvida se caminhar é útil para a gonartrose, mas ao mesmo tempo as caminhadas devem ser curtas e regulares. Mas correr não é recomendado como método de tratamento.
  3. Treinamentos com simuladores. Podem ser sapatilhas especiais ou, por exemplo, uma bicicleta estática, se não tiver contra-indicações. Eles são úteis para fortalecer o aparelho muscular e ligamentar.
  4. Ginástica corretiva. Médicos ortopedistas e terapeutas profissionais de reabilitação desenvolvem conjuntos especiais de exercícios que ajudam a treinar suavemente todos os grupos de articulações e restaurar sua saúde.

A atividade física na artrose da articulação do joelho deve ser regular e estritamente dosada. Se você sobrecarregar suas pernas ou faltar às aulas, não haverá nenhum efeito benéfico. Também é importante escolher os exercícios certos para sua situação específica. Verifique esse ponto com antecedência com o curador, por exemplo, é possível agachar com artrose no seu caso.

Medicina tradicional

Além disso, o tratamento da artrose da articulação do joelho em casa está intimamente relacionado ao uso de receitas da medicina tradicional. Vale lembrar que antes de usar este ou aquele remédio preparado por sua própria conta, é preciso ter certeza de que não há alergias e outras contra-indicações, além de consultar o seu médico.

Caso contrário, o efeito pode ser revertido ou o efeito dos remédios caseiros pode aumentar em excesso o efeito dos medicamentos de farmácia. No entanto, os métodos populares ainda são procurados, uma vez que seu preço é muito inferior ao da maioria dos medicamentos comprados.

Para gonartrose, os seguintes remédios são usados ​​com mais frequência:

  1. Chás de ervas. Infusões e decocções de folhas de louro, camomila, erva de São João, mil-folhas e outras plantas medicinais são usadas ativamente para uso externo e interno. Eles são capazes de aliviar a inflamação, aliviar a dor, remover sais e também nutrir o corpo com vitaminas e outras substâncias úteis.
  2. Produtos apícolas. Própolis, perga, praga de abelha, cera e mel têm efeito cicatrizante omnidirecional. É por isso que o tratamento da artrose da articulação do joelho com mel é uma direção tão popular. No entanto, deve-se ter em mente que os produtos apícolas podem causar alergias graves, portanto, primeiro certifique-se de que são seguros para uso.
  3. Tinturas de álcool. É um excelente remédio para aquecer e estimular o fluxo sanguíneo, aliviar a inflamação e melhorar a mobilidade das pernas. Para as articulações, o lilás branco é especialmente útil, que deve ser limpo de verduras e servido com vodka por duas semanas. Além disso, a infusão é usada para esfregar a área afetada.
  4. Plantas frescas. Você também pode usar presentes naturais da natureza. Por exemplo, uma folha de bardana ou repolho branco deve ser levemente amassada e depois amarrada ao joelho por pelo menos 10 horas. Você pode usar compressas pré-fabricadas, por exemplo, adicionar bile medicinal, óleo de girassol não refinado, mel, etc.
  5. Gorduras animais. Eles são adicionados a cremes caseiros. Para criar uma consistência ideal, a gordura deve ser misturada com cera de abelha, podem ser adicionados decocções de ervas e outros componentes.
Tratamento cirúrgico da gonartrose

Intervenção cirúrgica e reabilitação

A maioria dos pacientes se preocupa com a questão: a artrose da articulação do joelho é curável, se já passou para o 2º - 3º estágio? Infelizmente, não será possível restaurar a saúde do revestimento cartilaginoso, mas ainda há uma saída.

Se você tem artrose avançada da articulação do joelho, as opções de tratamento são divididas em cirurgia e técnicas auxiliares conservadoras. Se a cartilagem estiver completamente desgastada, somente com uma operação as funções do membro danificado podem ser restauradas.

A melhor opção é usar endopróteses. Neste caso, os elementos danificados da articulação articular são removidos parcial ou totalmente, e próteses especiais são instaladas em seu lugar com parafusos e cimento cirúrgico. Com o tempo, eles ficarão cobertos de tecido ósseo e assumirão toda a carga necessária.

Como nem sempre é possível tratar a artrose das articulações do joelho desta forma, o método da artrodese é utilizado como alternativa para reduzir a dor e prevenir novas deformidades do membro.

Se no primeiro caso a habilidade motora da perna é restaurada ao máximo, com a artrodese aparece o efeito oposto - o membro é fixado em uma determinada posição e, após a incisão do osso, os elementos se fundem. Assim, o movimento estará disponível apenas em uma direção.

Prevenção de doenças

Para prevenir o desenvolvimento da doença, é suposto prevenir a artrose da articulação do joelho.

Para fazer isso, siga estas diretrizes:

  • evitar lesões;
  • não sobrecarregue seus joelhos;
  • fique menos nervoso;
  • levar um estilo de vida ativo;
  • desista de maus hábitos;
  • coma direito;
  • observe seu peso;
  • Trate outras doenças em tempo hábil.

Na primeira preocupação, consulte o seu médico para começar a combater a doença a tempo.

05.10.2020